Tecnologias e Eventos

Selo de garantia

O selo de garantia é utilizado como o comprovativo de segurança mais eficaz para poder garantir que o conteúdo do recipiente, seja um boião, uma garrafa, um frasco, um jarro ou qualquer outro recipiente, não tenha sido previamente aberto, contaminado ou manipulado antes de ser aberto pela primeira vez.

O selo de garantia é um elemento que garante que a substância contida no recipiente não foi manipulada desde que foi introduzida no interior do mesmo. O objetivo é garantir a inviolabilidade do conteúdo, assegurar a estanqueidade do produto desde o momento em que sai da fábrica, durante o seu transporte até à prateleira de venda, até à compra pelo cliente final.

Um dos selos de segurança mais fiáveis e de maior qualidade para o embalamento de produtos é a selagem por indução, pois é produzido de forma rápida e limpa, na mesma linha de embalamento e sem qualquer modificação do produto a embalar. É um valor acrescentado para o produto à venda, um extra de confiança para o consumidor final, e também evita possíveis fraudes contra outros produtos que não têm o selo.

A selagem por indução como o selo de garantia é ideal, e tem maior procura nas seguintes áreas:

  • A indústria farmacêutica.
    • Frascos para comprimidos.
    • Xaropes.
    • Pomadas.
    • Puericultura.
    • Produtos dietéticos.
    • Produtos de ervanária.
    • Suplementos vitamínicos.
    • Etc..

  • Produtos de cosmética.
    • Cremes.
    • Maquilhagem.
    • Colónias, Perfumes, etc.
    • Gel, champô, condicionador.
    • Etc..

  • Cadeias alimentares.
    • Especiarias.
    • Molhos.
    • Bebidas.
    • Solúveis.
    • Snacks.
    • Guloseimas.
    • Frutos secos.
    • Conservas.
    • Etc..

  • Mercado dos produtos de limpeza.
    • Ambientadores.
    • Produtos de limpeza do chão.
    • Desengordurantes.
    • Produto de limpeza amoniacal.
    • Limpa-vidros.
    • Etc..

  • Engarrafadoras de agroquímicos.
    • Adubos.
    • Fertilizantes.
    • Pesticidas.
    • Praguicidas.
    • Etc..

  • Produtos fitossanitários.
    • Inseticidas.
    • Bactericidas.
    • Fungicidas.
    • Herbicidas.
    • Etc..